Perfil do Município

Município de Rio Preto

Relevo, clima e localização

Incrustada num vale e cercada de montanhas aos pés da Serra da Mantiqueira, Rio Preto está situada na Zona da Mata Mineira, num território de 347 Km2 e possui uma população de 5.388 habitantes, de acordo com o último Censo do IBGE, realizado em 2007. A 430 metros acima do nível do mar, a cidade possui clima ameno, quente no verão e de temperado a frio no inverno, com temperaturas médias anuais entre 14º C e 32º C. A cidade fica na divisa dos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro e é caminho natural para o interior do país a partir do Rio de Janeiro. Está situada a 180 Km da cidade do Rio de Janeiro, a 84 Km de Juiz de Fora, a 450 Km de São Paulo e a 335 Km de Belo Horizonte.

…………………………………………………………………………

Dados gerais
Área: 347 Km2
População: 5.388 habitantes (Censo 2007)
Bioma: Mata Atlântica
Altitude: 430 metros
Latitude: -22° 05′ 21”
Longitude: 43° 49′ 40”

…………………………………………………………………………

População

Em 1934, de acordo com Symphronio de Magalhães, a população do Município de Rio Preto era cerca de 34.000 habitantes, sendo um terço residente no distrito sede, e cerca de 2.000 os moradores da própria cidade. Nessa época o município compreendia seis distritos: Rio Preto, São Sebastião do Barreado, Santa Bárbara do Monte Verde, Taboão, Boqueirão do Rio Preto e Santa Rita de Jacutinga.

Em 1950, de acordo com o Recenseamento Geral do IBGE, a população total do município era de 9.492 habitantes, sendo 1.722 o número de moradores da cidade. Ou seja, 76% da população vivia na zona rural e apenas 18% na cidade. Deste total, o número de pessoas ativas no ramo da agropecuária era em torno de 73%. O município havia perdido três distritos e era então compreendido por Rio Preto, Santa Bárbara do Monte Verde e São Sebastião do Barreado.

Em 1980, de acordo com o IBGE, a população total do município era de 8.275, sendo 2.926 o número de moradores da cidade. O município se mantinha compreendendo os mesmos três distritos. Em 1996, de acordo com o último censo realizado, a população total do município era de 7.313 habitantes.

Em 2007, de acordo com o último Censo do IBGE, a cidade possui uma população de 5.388 habitantes. Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

…………………………………………………………………………

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Presídio do Rio Preto, pelo decreto de 14/07/1833, ratificado pela lei estadual nº 2, de 14/09/1891.

Elevado à categoria de município com a denominação de Nossa Senhora Passos do Rio Preto, pela lei provincial nº 271, de 15/04/1844. Sede na Povoação de Presídio do Rio Preto.

Pelas leis provinciais nº 285, de 12/03/1846 e nº 665, de 27/04/1854, a vila foi extinta.

Pela lei provincial nº 1191, de 27/07/1864, transfere a Sede da Vila de Rio Preto para o município de Porto do Turvo.

Elevado novamente à categoria de Vila com a denominação de Rio Preto, por leis provinciais nº 472, de 31/05/1850 e de nº 835, de 11/07/1857 e Lei 1644, de 13/09/1870, desmembrado do município de Turvo. Sede na Vila de Rio Preto. Constituído do distrito sede. Reinstalado em 22/07/1871.

Elevado à condição de Cidade, por lei provincial nº 1781, de 21/09/1871.

Pela lei provincial nº 976, de 02/06/1859, pela lei estadual nº 2, de 14/09/1891, é criado o distrito de Santa Rita de Jacutinga e anexado ao município de Rio Preto.

Pela lei provincial nº 1907, de 19/07/1892, são criados os distritos de Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão, Olaria e São Sebastião do Tabuão e anexado ao município de Rio Preto.

Pela lei provincial nº 817, de 04/07/1857, e por lei estadual nº 2, de 14/09/1891, é criado o distrito de Santa Bárbara do Monte Verde e anexado ao município de Rio Preto.

Pela lei provincial nº 3274, de 30/10/1884 e por lei estadual nº 2, de 14/09/1891, é criado o distrito de Barreado e anexado ao município de Rio Preto.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 7 distritos: Rio Preto, Jacutinga (ex-Santa Rita de Jacutinga), Conceição do Boqueirão, Tabuão, Olaria, Santa Bárbara do Monte Verde e Barreado.

Pela lei estadual nº 843, de 07/09/1923, transfere o distrito de Santo Antônio da Olaria (ex-Olaria) deixa de pertencer ao município de Rio Preto para ser anexado ao de Lima Duarte.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 6 distritos: Rio Preto, Boqueirão do Rio Preto (ex-Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão), Santa Bárbara do Monte Verde, Santa Rita de Jacutinga (ex-Jacutinga), São Sebastião do Barreado (ex-Barreado) e Tabuão.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31/12/1936 e 31/12/­1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17/12/1938, o distrito de Tabuão deixa de pertencer ao município de Rio Preto para ser anexado ao de Bom Jardim.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Rio Preto, Boqueirão (ex-Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão), Santa Bárbara do Monte Verde, Santa Rita de Jacutinga e São Sebastião do Barreado.

Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31/12/1943, desmembra do município de Rio Preto os distritos de Santa Rita de Jacutinga e Itaboca (ex-Boqueirão), para formar o novo município de Santa Rita de Jacutinga.

Em divisão territorial datada de 01/07/1950, o município é constituído de 3 distritos: Rio Preto, Santa Bárbara do Monte Verde e São Sebastião do Barreado.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01/07/1960.

Pela lei estadual nº 12030, de 21/12/1995, desmembra do município de Rio Preto os distritos de Santa Bárbara do Monte Verde e São Sebastião do Barreado, para formar o novo município de Santa Bárbara do Monte Verde.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE